quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Criatividade

Minha criatividade se esvaiu.
Sobre o que escrevo agora?
Sobre a criatura putrefata que me atormenta, e por quem eu me renderia sem luta nem questionamento? Não... Já foram milhares as palavras destinadas e desperdiçadas a tão singelo e desgraçado ser.
Sobre a agonia, minha arma em batalha, meu relicário do futuro próximo? É lugar comum dos poetas, mesmo antes de meu país nascer.
Sobre a sinfonia simples e sofisticada da sociologia? Céus, são sensações sinceras, sustentadas por seres sóbrios e sozinhos. Só saberia assombrá-los.
Sobre a filosofia? Complexa demais...
Que tal a astronomia? Uma tentativa feita, porém fracassada.
Até a falta é mostrada em minuciosos detalhes, tal qual um peixe sendo limpo por um pescador.
Com quê sustentarei minha doce loucura?
Sobre o que escrevo agora?
Minha criatividade se esvaiu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário