segunda-feira, 4 de abril de 2011

Primeiro Poema

Escrevi este poema a algum tempo atrás, por causa de um amor platônico (quem nunca teve um, que atire a primeira pedra).

Cansada de sonhar
Cansada de esperar
Cansada de sorrir
Cansada de amar

Meus sonhos são vazios
Minha espera, infundada
Meus sorrisos, tão frios
Meu amor, desgraçado

Canto minha tristeza
Único sentimento vivo
Depois o mascaro

Se é bom amar
Prefiro desistir
Cansei de ilusão

Bem, não sou Machado de Assis nem nenhum outro gênio da literatura, mas até que dá para ler.
E novamente: Quem nunca teve um amor platônico e sofreu com isso, atire a primeira pedra.

Um comentário:

  1. já fiz muitos poemas, mas a menoria está comigo, quase todos eu entreguei as pessoas que causaram a inspiração.

    está bom o seu, continue escrevendo,tente sempre achar um bom motivo para escrever

    Ainda tenho uns poucos guardados, quem sabe um dia eu poste no meu blog^^

    ResponderExcluir