sexta-feira, 29 de abril de 2011

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Iraque Brasileiro

Essa música foi baseada na minha querida cidade Pirassununga. O clipe e a música são da banda MultiLados, e o nome do EP é Marchando A Gente Pira. Explicação para maior entendimento de quem não conhece essa merda bela cidade: Pirassununga abriga uma base do Exército e uma da Aeronáutica, além da 51 ser produzida aqui (agora lembraram de já ter lido o nome em algum lugar).

Pirassununga
Iraque

Agora, a letra:

Pirassununga é o Iraque Brasileiro
Nossas bandeiras são quase do mesmo jeito
Tem o vermelho, tem o branco e tem o preto
Marchemos juntos pelo Iraque Brasileiro

Tem militar em todo lugar
E tem os Mórmons vindos
Lá dos E.U. A
Os baitolas na Avenida
E pelas ruas tem gente até xiita

Refrão
Em vez de estrela tem um peixinho
Mas isso é só pra parecer
Mais bonitinho
Nosso petróleo vem do Alambique
Um combustível que alegra
Quem tá triste


E o clipe:

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Fada

Ela estava colorida, mas a minha impressora é meio problemática e não copiou direito...

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Doomsday

Como o título indica, não é um filme para pessoas sensíveis. Muito menos na Páscoa

Reino Unido, 2007. Um vírus mortal, conhecido como “Reaper Virus", matou milhares de pessoas assim que começou. Em desespero, o governo Britânico evacua o máximo de sobreviventes possível da zona infectada e mais tarde constrói muros à volta de forma a prevenir que os restantes escapem. Trinta anos mais tarde, ainda com os muros de pé e as vitimas ainda na memória, o vírus está de volta. O governo decide enviar uma força especial de elite, dirigida pelo Major Eden Sinclair, para a zona de calamidade para investiga uma possível cura.

A primeira coisa que eu pensei ao terminar de assistir esse filme foi: O quê que o roteirista fumou?

É sério! É muito estranho esse filme. Não pelo fato de ter um virus mortal atacando todo mundo, ainda mais que quem está morto continua morto. Mas... o cara misturou filmes futuristas, medievais, de terror e Velores e Furiosos.

No elenco, temos: Rhota Mitra como a Major Sinclair, Craig Conway como Sol (no original: Sun), Malcolm McDowell como Rei Arthur o doutor Kane e Darren Morfitt como o filho da puta que não pode faltar em nenhum filme doutor Ben Stirling.

Embora o vírus seja o tema central do filme, não se preocupem porque os infectados aparecem bem pouco. E, mesmo que não tenha zumbis pra tudo quanto é lado, o filme continua sendo um banho de sangue.

Fotos:

Sinclair e toda a sua feminilidade...!
"Eu sou o Sol, sou eu quem brilho"
Rei Arthur... digo, Doutor Kane
Outra prova de feminilidade da jovem Sinclair
Trailer


That's all, Folks!

domingo, 17 de abril de 2011

Equilibrium

Qualquer semelhança com Matrix não é mera conhecidencia

Após uma 3ª Guerra Mundial, os sobreviventes perceberam que o mal da humanidade era gerado pelos sentimentos. Para inibí-los, criaram uma droga chamada Prozium e o Clero Grammaton ficou responsável por caçar e controlar tudo que gerasse algum sentimento. O clérico John Preston, por acidente, não toma uma de suas doses da droga e tem seus primeiros sentimentos, o que o obriga a pensar se o que fazem é certo.

Embora seja um bom filme, sua estreia foi ofuscada pelo sucesso de Matrix (ou você achou mesmo que a semelhança das capas dos filmes era só conhecidência?). No começo, não parece ser interessante, ainda mais por todos terem a mesma cara fechada. Mas depois que o clérico Preston para de tomar a dose, a história apaga a má impressão.

O elenco conta com Christian Bale como John Preston, Sean Bean como o clérico com sentimentos Partridge, Emily Watson como a criminosa sensória Mary O'Brien e Angus Macfadyen como o filho da puta representante do Conselho de Grammaton Dupont.

John Preston no inicio de seus sentimentos. Já começou bem: escolheu Beethoven.

John Preston e Mary O'Brien. Não, eles não estão dançando.
As cenas de luta são um espetáculo a parte. Principalmente a primeira, que acontece no escuro, e a última, que a luz dá um realce magnífico. E não decepcionará ninguém: são usadas armas de fogo, espadas e muita arte marcial.

Mais algumas imagens:

Prozium
Bale humilhando

Cadê a emoção que tava aqui?
 E o trailer (não achei legendado):


Bem, é isso. Bom fim de semana e bom filme.

sábado, 16 de abril de 2011

Pirate Chibi

Tá, não tá lá grandes coisas, esse é o primeiro chibi que eu fiz. Colori no Paint.NET e... ficou assim.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

3º PiraRPG


Aos nerds e RPGistas de Pirassununga e região: Vem aí o 3º PiraRPG, evento que ocorrerá dias 16 e 17 de abril!! Como podem ver no anúncio acima, isso é tudo que teremos de algo parecido com um evento descente nesse fim de mundo esse é o mais próximo que Pirassununga terá de algo menos caipira parecido com a cultura regional.

Mais  informações: http://www.pirarpg.blogspot.com/

Desculpas

Eh, sinto muito por ter ficado tanto tempo sem postar mais nada. Eu estava estudando muito para o simulado da escola. Mas já estou de volta e vou tentar postar alguma coisa todos os dias (ou pelo menos dia sim, dia não).
Obrigada àqueles que vieram visitar o blog e prometo não decepcioná-los (muito).

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Desenho

Comecei a desenhar em 2008, e este é, até agora, meu melhor desenho.

Nomes Bizarros

Eu sempre sofri um pouquinho por meu nome ser incomum. Já escreveram "Adriadne", "Ariadine", "Ariadiney". Até de "Mariadila" eu já fui chamada. Mas tem certos nomes que ganham em esquisitice.

Em 2008, o programa "MTV na Rua" fez a campanha "É bonito ter nome feio". Eu ainda não entendi o que leva uma mãe a batizar sua filha de "Vesúvia".

Há também os nomes bizarros do dia a dia. Exemplo: Sinrraim. E esse não é nem o pior!

Os piores eu conheci pelo meu professor de Física. O primeiro colocado era "Neurislândia", mas perdeu  a coroa para a "Jhonemarkissiene".

Você sabe como deixar um "Washington" esquisito? Simples. Pronuncie: VAZINGTON. Sem esquecer de pronunciar o G!!

Caso eu encontre mais por aqui, eu posto. Mas podem ir se maravilhando com a criatividade brasileira no Não Salvo (http://www.naosalvo.com.br/vc/15-aprovados-no-vestibular-mas-reprovados-no-cartorio/).

E, mães e futuras mães brasileiras, por favor, tenham piedade de seus filhos ao batizarem!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Primeiro Poema

Escrevi este poema a algum tempo atrás, por causa de um amor platônico (quem nunca teve um, que atire a primeira pedra).

Cansada de sonhar
Cansada de esperar
Cansada de sorrir
Cansada de amar

Meus sonhos são vazios
Minha espera, infundada
Meus sorrisos, tão frios
Meu amor, desgraçado

Canto minha tristeza
Único sentimento vivo
Depois o mascaro

Se é bom amar
Prefiro desistir
Cansei de ilusão

Bem, não sou Machado de Assis nem nenhum outro gênio da literatura, mas até que dá para ler.
E novamente: Quem nunca teve um amor platônico e sofreu com isso, atire a primeira pedra.

Início

Eis aqui minha primeira postagem. O nome do blog veio por me faltar outro, e o assunto que ele tratará serão os mais diversos, desde poemas escritos nas horas de ócio até opiniões pessoais sobre o que vier em mente.
Obrigada pela atenção e espero que este blog venha a agradar-lhe.